5 livros essenciais para pessoas grandes e pequenas

Hoje era dia de falar sobre outro livro lido, mas acontece que também calhou de ser o Dia Nacional do Livro Infantil, então tive que comentar sobre isso. Há alguns anos, ao olhar o cronograma de aulas do primeiro semestre de Letras e ver Literatura Infantil na grade, escorreu uma lagriminha do meu olho, é algo que amo muito.

Pensei em dizer que os livros que vou indicar são OBRIGATÓRIOS, mas achei que ia parecer professoral, e o que vira obrigação já não é tão legal. Digamos que são essenciais, então. As crianças precisam conhecer histórias, é próprio do mundo delas aprender e imaginar, e é surpreendente a capacidade que elas têm de inventar e apreciar narrativas. Como quando minha sobrinha Bia aos três anos começou a contar sobre a vida de uma menina que subia na árvore para pegar maçãs e isso ficou tão comprido que eu dormi antes de todas as crianças. Ou quando eu e o Eduardo fomos ao Sesc e uma pessoa estava contando histórias para crianças mto pequenas, que deviam ter uns dois anos, com um livro sobre deixar de usar fralda e usar cueca. O contador falava “tchau, fralda!” e as crianças davam tchauzinho. Depois “Oi, cueca”, e elas davam pulinhos.

Às vezes eu penso no que seria essencial ensinar às crianças e como vou fazer isso quando tiver filhos. Queria que elas fossem pessoas amáveis e honestas, que lessem muito e estudassem também. Queria que elas tivessem todas as oportunidades, todas, de fazerem e serem o que quiserem. Como vou ensinar tudo isso ao meu filho sem que ele se considere o juíz dos demais e se esqueça de que ele deve olhar para si mesmo, que é preciso amar as pessoas e ver o que há de bom nelas? Às vezes chego à conclusão que só por meio de muita conversa, histórias e exemplo. Talvez eu não esteja tão à altura no quesito exemplo, mas espero que nunca faltem histórias e conversas. 🙂

Se você precisar dar um presente a uma criança, escolha um livro. Se você quiser que seja ainda mais especial e eterno, leia com ela e para ela. Aprendam juntos, imaginem juntos. Criem uma experiência única. Agora, se não souber qual escolher, dê uma olhada nesta listinha!

  • A Casa da Madrinha

A Casa da Madrinha, Lygia Bojunga Nunes

Não conheço ninguém que tenha lido este livro, entre pessoas grandes e pequenas, e tenha ficado impassivo. É a história de um menino brasileiro, pobre, que para de ir à escola e ajuda em casa trabalhando nos faróis, porém busca um lugar de sonho. Se eu tivesse escrito esse livro, você poderia esperar os píncaros do clichê, mas a genialidade da Lygia Bojunga Nunes garante que este seja um dos livros mais surpreendentes que indicarão a você hoje. Este não é um conto de castelos exuberantes e belezas inalcançáveis. É sempre muito lindo quando alguém dá voz aos que não a têm, pois, mesmo que ainda haja recusa em escutar, alguma semente cisma em sair do chão. E o que dizer de um pavão com o “pensamento pingado”?

A Casa da Madrinha, Lygia Bojunga Nunes

Minha versão é antiguinha, comprei na Estante Virtual por R$ 5,00.

  • Reinações de Narizinho

Reinações de Narizinho, Monteiro LobatoMonteiro Lobato foi o primeiro escritor brasileiro a se preocupar com a literatura infantil, e o dia de hoje é uma homenagem ao seu aniversário. Pelo folclore e mitologia nacionais, pelas viagens incríveis a lugares inimagináveis, pela plasticidade das histórias aqui narradas, trata-se de uma base de repertório da qual as crianças poderão usufruir em toda sua trajetória de leitor.

  • Os Contos de Grimm

Os Contos de Grimm

Lendas, contos, tradições orais reúnidas pelos Irmãos Grimm e traduzidos por Tatiana Belinky do alemão. Lindo o que está escrito na contracapa:

Contos de Grimm
A minha versão está desatualizada, há uma mais recente com traduções de mais contos, veja.

  • O Menino Maluquinho

Lembro-me de ler esse livro quando criança e, ao virar as páginas, pensar: “isso é muito legal mesmo!” É um livro muito poético, mas repleto de alegrias próprias da infância de um menino incrivelmente espontâneo e feliz. Ziraldo retrata a vida das crianças com respeito por sua inteligência e descobertas.

O Menino Maluquinho, Ziraldo

É possível ler o livro online no site oficial do Ziraldo.

Livros do Ziraldo
Algumas outras invenções do autor.
  • O Pequeno Príncipe

Este não é exatamente um livro infantil, mas eu ouvi, li e reli quando criança e continua em meu coração pela mensagem de delicadeza e humanidade que sempre será indispensável. Para mim, esse livro fala sobre resistência. Resistir à tentação de ser mais uma pessoa adulta e chata, que só consegue enxergar um chapéu onde há um elefante dentro de uma jiboia, entre tantos outros lugares comuns da vida das pessoas grandes. Aos poucos, descobrimos que o mundo é mesmo esse lugar que vai sempre tentar nos encaixar em seus moldes. Ceder a eles muitas vezes parecerá não apenas inevitável, como desejável, por isso, quanto mais cedo iniciarem-se tais esforços de resistência, melhor.

O livro já está em domínio público, por isso há tantas versões. Também pode ser lido gratuitamente na Internet.

Pequeno Príncipe

 

Uma citação especial encontrada no livro “Literatura Infanto-juvenil” de Antonio D’Ávila:

IMG_20160418_122024630

 

“Não basta andar com os olhos no livro, é preciso parar nas pausas, demorar nas idéias, absorvê-las, não com a memória, que tudo apanha, mas com o raciocínio, que escolhe. Não são os grandes leitores os que mais valem, mas os que lêem meditando; estes não podem devorar: são lentos e sóbrios. E a leitura, para edificar, deve ser feita com calma. A atenção não se divide como o polvo que pode lançar vários tentáculos em volta de si: concentra-se em um só assunto e, se a distraem, esvai-se. Recolhe-te para o estudo. Assim como é necessário atender ao que se lê, quando se estuda.”

 

 

 

Se você leu algum livro especial na infância ou, como eu, mesmo adulto, adora dar uma passada na seção para crianças das livrarias e bibliotecas, comente aqui, eu adoraria ampliar minha lista!

Beijos, até a próxima!

Anúncios

23 comentários sobre “5 livros essenciais para pessoas grandes e pequenas

    1. Que comentário meigo, obrigada! Se quiser indicar algum livro infantil, sinta-se à vontade. Bjs!
      Obs. Pelo que vi no seu blog, nos formamos (ou formamo-nos rs) em Letras no mesmo ano, 2009!

      Curtir

  1. Ai, adoro todos!!!! Realmente são essenciais para todas as idades. Sabe qual também é legal para esta lista? O Menino do Dedo Verde! Mas são tantos, né?
    Adorei o post!
    Beijocas!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi, Jess!
      Obrigada pelo comentário tão doce. 🙂
      Adorei sua sugestão. Não li “O Menino do Dedo Verde!” quando criança, apenas na faculdade, e é realmente encantador! Havia me esquecido dele, você mencionou o nome e me lembrei vagamente, procurei no Google e aí, sim, recordei do Tisto! Se eu não me engano, foi feito um filme, mas não consegui encontrar nada a respeito…
      Obrigada pela ótima indicação, pela visita e pelas palavras dóceis.
      Bjs!

      Curtido por 1 pessoa

  2. Nossa, que lindo seu blog! E amei esse post. Minha primeira opção de presentes sempre são livros, acho que é a melhor coisa que podemos dar e receber. E O Pequeno Príncipe é um dos meus preferidos, claro! ❤

    Curtido por 1 pessoa

  3. Oi, Val!
    Da Lygia Bojunga eu já li A Bolsa Amarela. Foi o livro que me fez pegar gosto pela leitura, é tão lindo… Você já leu?
    Gostei muito da tua lista!
    Beijo!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi, Barbara, não li este! Na Casa da Madrinha, uma professora tem a bolsa amarela, imagino que seja parecido. Eu assisti a um tcc sobre esse livro, mas nossa, não lembro nadica de nada… hehe lembro de ter sido bonito 😉
      Bjos!!

      Curtido por 1 pessoa

  4. Oi Val!
    Nossa menina… Estou adorando o seu blog! Principalmente suas listas e resumos da semana! E que coisa mais linda esse de literatura infantil… Me fez viajar no tempo!! Amava o do Menino Maluquinho (acho que li umas 300 só na infância) e o da Chapeuzinho Amarelo!! Inclusive a interpretei em uma peça de teatro montada em cima de um carro alegórico! Hahaha… Que lembrança gostosa… Tvz até me renda um post, hein?! Olha só vc já me trazendo ideias!
    Parabéns pelo blog e continue pq está lindo!! Fiquei feliz em conhecer!
    Bjoss.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi, Liah! Que bom ver você por aqui 🙂 Essa da chapeuzinho amarelo no carro alegórico foi ótima… rs Seria legal um post no seu blog. Vc deve ser bem perfeccionista, mas continue escrevendo, adorei seu blog de um post (até o momento rs) Bjs!

      Curtir

  5. Adorei o post. Não só por ter citado O Pequeno Príncipe :D.
    Me lembro que eu lia O Menino Maluquinho e me sentia poderosa, gostava de me comparar com ele. Aquela vontade de desbravar o desconhecido, não ter medo do encontrar. Acho essencial aos novos leitores livros como esse, que na simplicidade demonstra tanto.

    E parabéns pelo blog, amei !

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi, Pollyana, que legal! Adorei sua visita e o comentário tão sensível! Verdadeiramente penso que essa mágia das palavras é essencial em todas as épocas da nossa vida. Bjos!! ❤

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s