Cinco músicas para gostar do Led Zeppelin

Por um mundo onde a gente passeie pelo comércio popular ao som de Led Zeppelin, eu voto SIM! Experimente: até lavar a louça fica melhor com esta playlist (eu fiz o teste)!

Quando comecei a ouvir rock, as revistas de letras traduzidas e as rádios me ajudaram a conhecer muita música legal, como Whole Lotta Love, Black Dog e Stairway to Heaven, a qual figurava entre as traduções do meu caderninho com a incrível versão “Ohh, me sinto maravilhado” (It makes me wonder).
Naquela época de fitas cassette, era um pouco mais difícil ter acesso a discos completos e as rádios repetiam muito as músicas, então era fácil enjoar mesmo das canções mais geniais. Na época do mp3 e gravação de CDs, eu virei fã do Angra e gostava mais de bandas de metal, então deixei muita coisa legal de lado, que só recuperei alguns anos depois, como esta banda sensacional.

  • Immigrant Song

Foi em 2003, com o filme “School of Rock” e esta cena maravilhosa do Jack Black cantando Immigrant Song e, depois, nos créditos, explicando como eles imploraram ao Led Zeppelin para que a música estivesse no filme, que eu voltei a me interessar bastante pela banda.

tumblr_maodma7pvr1qcbojfo1_250

Coincidentemente, essa música tem tudo a ver com a terra da Björk, de quem falei na semana passada. O Led Zeppelin tocou na Islândia e Robert Plant ficou fascinado pela mitologia nórdica e pelas conquistas dos vikings. Jimmy Page compôs a melodia antes dessa viagem, e é fascinante como o espírito de desbravamento e expedição, reforçado pela batida constante da música, encaixa-se perfeitamente ao vocal estilo “nada poderá me deter”!

Immigrant Song, Snow White, Branca de Neve, Shrek, Gif
Branca de Neve aprova.
  • Going to California

618a4df2986f14dd96d42aa0b5f5bec3Dizem que a garota com flores no cabelo era a Joni Mitchell. Faz sentido, a julgar pela foto, né?
Essa música tem uma atmosfera tão serena. É uma procura que contrasta com a saga desenfreada e contumaz da Immigrant Song. Há uma busca idílica por algo muito doce e cheio de paz e amor, ideais hippies. Há um crescendo de êxtase, contemplação e a certeza de que esse é um caminho que vale a pena palmear.

 

 

  • All My Love

Angústia, luto, introspecção. A repetição do refrão parece evidenciar que essa pessoa gostaria muito de falar algo a alguém, mas não vai mais poder. É uma tentativa de reiterar o sentimento, procurando mantê-lo em um ciclo para que não se acabe. Também a escutava no rádio e sempre me tocou muito, pois foi feita em homenagem ao filho do Robert Plant que morreu enquanto eles estavam em turnê.

  • D’yer Mak’er

Para tudo! Falei o nome da música errado a vida inteira. Segundo a Rolling Stone, o Urban Dictionary e até mesmo a Wikipédia, “o nome da canção é derivado de um trocadilho das palavras “Jamaica” e “Did you make her” (“Tu forçaste-a”, em tradução livre), baseado em uma antiga piada (“My wife’s on vacation in the West Indies.” “Jamaica?” “No, she went of her own accord.”)”. O próprio Robert Plant confirmou que não é “dáiãrmêikãr” e sim “djamêikã”, de acordo com a piada e essa levada de reggae.

  • Fool in the Rain

Último single lançado, bem para deixar com gostinho de quero mais. Parecia que eles ainda tinham tanto a explorar! Eu realmente adoro o clima alegre da canção e a história dela é um tanto curiosa. Parece que a inspiração para o ritmo surgiu durante a copa de 1978, na Argentina, devido à exposição da banda a músicas latinas. Quais seriam estas, não é mesmo? Será verdade? Teria Robert Plant assistido à de 2014 também? Poderia Cláudia Leitte inspirá-lo de alguma forma?

A Rolling Stone fez uma lista das 40 melhores músicas do Led Zeppelin, e “All My Love” está em 39, na rabeira. Quando se fala de um rio tão profundo que é a genialidade de uma banda como essa, sempre vai haver muito a apreciar.

Beijos e até mais!

 

Anúncios

26 comentários sobre “Cinco músicas para gostar do Led Zeppelin

    1. Que bom que você também gosta! Sabe que apesar de ser uma banda tão canônica, conheço no máximo umas 4 pessoas que realmente gostam. Estou precisando diversificar as amizades, né? Rs, bjs! Obrigada pela visita e pelo comentário.

      Curtido por 2 pessoas

  1. Já fui muito fã de Led no passado. Hoje em dia não escuto tanto, mas esse post me fez ter vontade de ouvir os álbuns novamente. Adorei a escolha de músicas, embora minhas preferidas sejam The Rain Song e The Battle of Evermore (canções que eu particularmente acho desvalorizadas).
    Ótimo post. 😀

    Curtido por 1 pessoa

    1. É tanta música para ouvir, né? Algumas coisas ficam no passado, mas é só dar uma chance que o “encanto” volta. 🙂 Obrigada pelo comentário, adorei. Demais as músicas.

      Curtir

  2. Led Zeppelin é o tipo de coisa que precisa ser obrigatória na vida das pessoas haha

    Também tenho poucos amigos que gostam, e sinceramente não consigo entender isso… a força, a potência e a grandeza da música deles são marcas tão envolventes que me parece impossível não idolatrar a banda (e, como dá pra ver, é encontrar mais alguém que curte que meu lado fanboy se descontrola haha)

    Curtido por 1 pessoa

    1. Hehe Engraçado seu comentário, adorei! Led Zeppelin é mesmo genial, né? Acho que quem diz que não gosta, na verdade é que ainda não sabe que gosta, porque é impossível! Rs Obrigada pela visita e pelo comentário! Até mais 🙂

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s