Tudo flui – Nascer é muito comprido

“Tudo flui e nada permanece. O mesmo homem não pode mergulhar duas vezes no mesmo rio, porque muda o rio e muda o homem…”

elwha-river-log-scott-church-copy_large

Reflexão N 1

Ninguém sonha duas vezes o mesmo sonho
Ninguém se banha duas vezes no mesmo rio
Nem ama duas vezes a mesma mulher.
Deus de onde tudo deriva
É a circulação e o movimento infinito.
Ainda não estamos habituados com o mundo
Nascer é muito comprido.

Murilo Mendes

Publicado no livro Mundo Enigma (1945).
Poema integrante da série Os Quatro Elementos, 1935.

~ ~ ~

Irônico saber que quando mais desejamos mudar algo seja tão difícil e, ao mesmo tempo, tantas pequenas transformações ocorram todos os dias em nossas vidas.
Quando nos damos conta, a mudança já percorreu seu caminho e fez a vida rodar.

“Nascer é muito comprido”. A cada dia vamos nascendo um pouquinho mais. Sinto gratidão por não ser a mesma pessoa de um segundo atrás e ansiosa para saber aonde isso tudo vai dar.

Beijos, querido leitor e até mais!

Val

 

Anúncios

8 comentários sobre “Tudo flui – Nascer é muito comprido

  1. Gostei muito, Val querida. Seu espaço é maravilhoso e eu simplesmente amei tudo!!!
    Quando eu gosto, pode saber que eu volto sempre.
    Um grande beijo e um ótimo final de semana para você, minha mais nova amiga!
    Alex André

    Curtido por 1 pessoa

    1. Que legal, Alex, muito obrigada pelo comentário tão gentil, fiquei contente! Já está no ritmo do fim de semana? Feriado é assim, né? Rs! Obrigada, adorei sua visita. Volte sempre! 🙂

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s