Resumo da semana – 09/10/16

Oi, pessoal!

Vi no blog Falando em Literatura,  o Gerson citando suas impressões negativas sobre a Bienal e quis comentar um pouco também sobre o assunto. Fui a um dia apenas, segui as dicas dos blogs amigos e estava super empolgada, pensando em tirar várias fotos e fazer um post especial aqui no blog. No entanto, o que presenciei lá me fez sentir um peixe fora d’água. Faltou literatura, faltou catarse, faltou um pouco desse sentimento maravilhoso que temos ao ler. Não estou falando mal de youtubers. Acho que as editoras precisam mesmo investir em algo para sobreviver e, sinceramente, se algum youtuber que gosto de acompanhar, como a Flávia Calina, lançasse um livro, acho que eu gostaria de ler, ir a uma tarde de autógrafos, por isso sei que quem encontrou lá os autores preferidos deve ter tido um dia incrível e não tiro o brilho dessa iniciativa.

O que quero dizer é que deveria haver também um chamamento das pessoas ao que há de melhor na literatura, simplesmente porque é bom demais, é libertador, é necessário. Eu achei que encontraria lá algum sentimento parecido com o que tive ao visitar pela primeira vez o Museu da Língua Portuguesa. Alguém não poderia ter pensado em homenagear um autor ou obra, sabe? Lygia Fagundes Telles, talvez, que está em voga este ano. As editoras têm feito um trabalho bem legal em criar edições muito bonitas de clássicos, mas não sei se é o ideal só colocar o livro lá na prateleira.

O stand que chegou mais perto do que eu desejava encontrar foi o da Turma da Mônica, porque havia interação, criatividade, envolvimento. Pode parecer estranho dizer que o livro que mais me tocou no ano passado foi “Como o Google funciona“, mas há conceitos sensacionais ali. Por exemplo, uma empresa não pode se preocupar somente com o que as pessoas já querem agora, porque daqui a pouco elas vão mudar de vontade e seu negócio vai afundar. A empresa precisa buscar o que os clientes nem sabem que querem ainda, mais que poderá tornar-se uma necessidade. Eles citam uma frase de Henry Ford que não tenho certeza da autoria, mas ilustra bem o conceito:

henry ford cavalos citação

Então, não basta pensar que os leitores são assim, querem isso e ponto final. É preciso saber o que é bom e o que pode surpreender as pessoas. Que oportunidade maravilhosa de já reunir tantos leitores em potencial, por que não apresentar algo impactante e diferente? Eu acredito no poder da literatura e na qualidade dos livros atemporais, e do mesmo modo como tudo isso me toca profundamente, não posso subestimar a capacidade de as pessoas aproveitarem um oceano de oportunidades porque elas gostam de ficar no rasinho do mar, afinal, é possível sim explorar a beleza das duas atividades.

Sabe, gente, não é estranho haver dois tronos de Games of Thrones no mesmo evento, as pessoas tiveram a mesma ideia, foram só até ali? Ok, é legal postar fotos no instagram, mas não é uma experiência que toca a sua vida e quando falamos de livros e séries e qualquer manifestação artística, estamos falando de sentimentos, de transformação, daquele machado que abre os mares gélidos da nossa alma, como disse Kafka, não de uma experiência de 10 minutos da qual você não vai se lembrar. Livros a dez reais já existem nas Lojas Americanas, nas feiras de shoppings e metrôs e, olha, até melhor do que isso na minha opinião, nas bibliotecas maravilhosas que temos à disposição.

Você que adorou a bienal, não fique triste com minha opinião, eu só queria dizer que poderia ser muito melhor e que as editoras estão perdendo a oportunidade de cativar leitores para a vida toda, isto é, seus clientes.

Falando em clientes e tudo mais, esta semana comprei o último livro da Coleção da Folha! Ainda não está completa, pois perdi o lançamento do penúltimo e precise encomendá-lo. Linda demais a coleção, amei cada exemplar 🙂

Eça Queiroz Crime Padre Amaro Folha

~ ~ ~

Essa semana, fiz dois posts. Sabe quando dizem que os melhores presentes vêm nas menores embalagens? Assim é o livro de Neil Gaiman, Erros Fantásticos. É um livro para ser relido de vez em quando, principalmente quando der aquela desanimada ou algo der errado. Também falei sobre a página que abri para o blog no Facebook! Agora já são 18 membros e fiquei super feliz 🙂 Acessem a página: 1 Pedra no Caminho! Quando chegarmos aos 50, vai ter presente, sim!! 😉

Não vá se perder por aí!

Gente, adoro fazer essas indicações de blogs, porém, a maior parte do que vejo, procuro no Google e é cópia de outro lugar. Só colocar “Fonte tal” no final do post acho que não é o suficiente, vocês não acham? Gostaria muito de indicações de blogs com conteúdo autoral 😉

  1. Você já viu o mural incrível do artista brasileiro Eduardo Kobra feito em Amsterdã, em homenagem à Anne Frank? Veja mais no blog O Sertanista!

Anne Frank Kobra Amsterdã

2. Adorei o post sobre o livro “O poder do hábito“, no blog Livros que Vivi. Dê uma passadinha lá também, todos precisamos aprender a mudar 😉

habito

3. Vi em vários blogs menções à Coleção Itaú de livros infantis. O projeto “Leia para uma criança” é muuito legal e sempre traz livros incríveis! Acesse o blog It Babies para saber mais:

itaú poeminhas terra

4. O blog Falando em Literatura está fazendo uma enquete sobre quem será o próximo Nobel e haverá sorteio entre quem acertar o laureado 😉 Veja lá! Votei no Milan Kundera por motivos de “Demorou!” Rs. Mas estes quatro em close já mereciam demais o prêmio:

nobel.png

Beijos e uma ótima semana!

Anúncios

13 comentários sobre “Resumo da semana – 09/10/16

  1. Eu tive as mesmas impressões quando fui à Bienal em 2014. Esperava mais, neste mesmo sentido que você, e o que encontrei foi uma enorme livraria. Mas aí, quando escrevi sobre isso no SLET, alguém comentou (acho que a Babi do Sem Serifa), que tem muito mais acontecendo no evento, é preciso procurar pela programação. Este ano, eu entendi o que ela quis dizer. Soube de vários encontros de blogueiros/booktubers e participei do encontro da Intrínseca. Tem muuuuitas sessões de autógrafos e oficinas menores acontecendo pelos estandes. O que me ajudou foi pegar a revista de programação diária logo que cheguei. O estande do Sesc foi o melhor, na minha opinião. Tinha umas três, quatro oficinas por dia. (Eu consegui ver essa: https://sobrelivrosetraducoes.com.br/2016/09/09/quem-e-o-editor-oficina-literaria-edicoes-sesc-na-bienal-2016/). O estande do Astral também teve bastante coisa, eu vi uma conversa lá no mesmo dia.

    Mas eu concordo com você. A gente não deveria precisar “caçar” por esses eventos “menores”. A Bienal ainda dá para melhorar bastante!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi, Brenda!! Eu vi algumas coisas que você falou, vi a revista também. Talvez eu seja muito chata porque as coisas não me chamaram atenção e achei mto estranho, pois, geralmente, amo tudo relacionado a leitura. Acho que principalmente as editoras podiam pensar em algo mais legal, né? Obrigada pelo comentário, viu, é sempre bom ter alguma luz no fim do túnel… Rs! Bjos, vou ver seu post!

      Curtido por 1 pessoa

  2. moro em fortaleza e, nunca fui em uma bienal de sp! mas acompanho diversos canais que falam sobre livros, uns falaram que essa foi bem mais organizada do que a outra. espero na próxima conseguir ir haha
    boa semana =***

    Curtido por 1 pessoa

    1. Acho que a chave deve ser a própria pessoa ser bem organizada e conseguir ir aos dias que mais lhe agradarem, com mais propostas legais 🙂 Mas com certeza quando você vier para São Paulo, não vai faltar programação literária 😉 Bjos e obrigada!!

      Curtir

  3. Val, estou um pouco atrasadinha. rsrs. Mas obrigada por indicar o nosso Blog!!!! Quanta a Bienal, de verdade, eu meio que me desencantei desde a última vez que fui (acho q em 2013). Então, nem tentei novamente. Seria lindo se considerassem justamente mais do que vendas… super válidas suas considerações. Bjão!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s